Horsepower PRO – Bodybuilding & Fitness

 

 

Tomei a liberdade de reunir, compilar e adaptar num único artigo o conteúdo dos melhores posts publicados na Horsepower PRO, para mim a melhor página Brasileira de Bodybuilding e Fitness. O posts são naturalmente em Português do Brasil, mas espero que com tempo possa vir a traduzi-los para Português de Portugal. Este artigo vai dar-vos uma outra visão sobre o Mundo do Bodybuilding, as dificuldades sentidas, as barreiras que temos de ultrapassar diariamente, assim como tudo o que de bom advém deste estilo de vida: saúde, beleza, autoconfiança, prazer em viver, dinheiro e mais importante de tudo, concretização pessoal. Comentem, partilhem e sintam-se à vontade para me enviarem outros artigos que consideram ser merecedores de destaque no meu Blog. Vou atualizando sempre que possível!

 

:: The Mind of a Bodybuilder ::
 
 


– ”Mas é tão bonitinho uma criança gordinha, aquelas gordurinhas na barriga e na bochecha…”;
– ”Filho meu não tem frescura, come o que tem…’‘;
– “Atualmente as coisas estão muito violentas, é melhor ele ficar aqui dentro de casa, o dia todo no videogame e no computador, com dois sacos de fandangos ao lado, assim eu fico tranquila, tendo ele perto de mim…”;
– ”Aqui em casa não entra nenhuma droga, somos conscientes disso, agora me passa a garrafa de Coca-Cola, filho e não esquece de comer outro pedaço de pizza antes de dormir, para barriga não ficar roncado e você não ter que assaltar a geladeira comendo os docinhos da sua mãe tomar café de manhã…”.

Quem nunca ouviu ou presenciou diálogos como este, que atire a primeira pedra. Hoje em dia todo o desleixo com as crianças foi camuflado pelo falso cuidado e atenção dos pais.

Foi tudo modificado para uma visão tendenciosa e totalmente preguiçosa, as comidas foram substituídas por lanches prontos e práticos de se esquentarem em um forno, micro-ondas, o mastigar correto com todos sentados a mesa, foi trocado pela simples prática de engolir rápido em pé mesmo, frente a um notebook, uma televisão sem nenhum contato ou diálogo com alguém.

As brincadeiras ao ar livre perderam feio para o x-box, SMS e para o próprio facebook, o incentivo aos exercícios físicos que deveriam partir de casa, foram dizimados por argumentos chulos dos pais, como por exemplo, não ter tempo, estar estressado…

A saúde entrou em um colapso terminal, a obesidade infantil que antes era uma realidade latente somente nos EUA, atingiu o nosso país de uma forma massante.

Depois de toda essa realidade vergonhosa, ainda tem indivíduos que são assumidamente contra a essa imagem, rechaçando a educação de um Giuliano, tentando debater com o intuito de repelir um estilo de vida em tão tenra idade. Depois de chegarmos a um ponto crítico, eu todavia tenho que escutar discursos hipócritas de todos os lados.

Parem o mundo, eu quero descer dessa merda imediatamente.

 
 
 

Para este desporto não existem limites e você precisa saber disso. Nunca irá existir estagnação de sonhos ou uma satisfação a ponto de concluir o trabalho duro quando se chega em um suposto ideal.

Sempre terá algo para acrescentar. Quando os peitorais e os deltoides estão finalmente lhe agradando, as proporções dos quadríceps necessitam de mais atenção, os bíceps podem estar divididos, porém os antebraços não estão latentes como se deseja e assim consecutivamente em um ciclo interminável.

Nunca se engane pelo rosto brando, comportamento satisfatório, aparência tranquila. Quanto mais expansivo, mais sedento por construção será, quanto mais envolvido naquele ambiente obsessivo, mais faminta será a sua fome de alcançar o inalcançável.

Nada, nunca logrará remediar os fatos, contrabalançar as medidas e protocolar um limite, pois definitivamente não existe segurança completa, capaz de te fazer acordar, olhar frente ao espelho e respirar fundo dizendo que finalmente tudo acabou e que a vontade de ser o destaque passou.

Você sabe que não foi criado todavia o fim, você sabe que a linha de chegada é inexistente de propósito, você sabe que não importa a sua medida, qualidade ou peso, a impressão sempre será do corpo de um iniciante, da angustia pela primeira semana de treino.

O ciclo não se fecha, o comprometimento nunca se encerrará.

 
 
 
Parem de me sufocar! Não, eu não nasci para ser o popular da madrugada, o pegador destemido da balada, o sujeitinho que trabalha a semana inteira ansiando chegar o sábado para gastar a metade ou todo o salário em uma porcaria de um lugar piscante, repleto de seres vazios, com pensamentos limitados em um único objetivo de traçar vadias, encher ao máximo o seu próprio orifício anal de álcool e ser considerado o rei da ostentação

Pais: ”Vamos, você precisa sair, se divertir, ter histórias de arrependimento para contar quando ficar mais velho…”
Tios: ” Está na hora de gastar um alambique de camisinha, ficar doidão, ser feliz.”
Tias: ”Você precisa de mais amigos, companhia, se equivocar um pouco, sair desse mundinho certo.”
Primos: ‘‘Que alma de velho, ranzinza, depressivo, o negócio é encher a cara, viver no limite, sentir na pele o que é uma DST…”
Vomitam a minha esquerda, regozijam a direita, me inundam de discursinhos baratos e protocolados do que é ser contente, realizado, completo e satisfeito, porém esquecem de que eu tenho a merda da vida que eu cultivei para mim e que me sinto sim, preenchido.

Eu não necessito de uma fila de vagabundas no cio, um balde de chandon ou Bacard Black Apple, refletores na minha cara, música alta com aquelas malditas caixas de som no meu ouvido para me autoafirmar feliz e nunca vou precisar. A minha verdadeira felicidade é regida pela minha paz de espírito, pelo meu esforço incabível dentro de uma porcaria de um ginásio abafado e fedendo, pela minha satisfação interior e não será apetrechos mundanos que me farão sentir completo.Me jogue comida, no meio de halteres, barras, com a luz apagada mesmo, água, quinze folhas ofício, uma caneta preta, mais um CD do 50 cent, outro do Eminem, uma dúzia de livros sobre nutrição, fisiologia e hormônios e de pronto verá a mágica acontecer, porque essa é a minha noitada perfeita, a minha ressaca tão curtida, o meu mal estar tão apreciado e se você aprecia esse estilo de vida, parabéns! Só não venha tentar convencer o mundo de que a sua postura está certa e a minha errada.
 
 
 
 

Olha o garoto, olhar compenetrado, visão sedenta, coração em chamas, com mil motivos para não sair da cama, com mil demônios dispostos e de prontidão para o devorar, mas mesmo assim, ele está lá.

Olhe ao seu redor, milhares de pessoas reclamando, fazendo de uma simples barreira, a tempestade de um holocausto, desejando a morte por acontecimentos tão banais, querendo matar por coisas tão estapafúrdias, mas de alguma forma, por algum motivo, ele continua lá.

Olhe para o exército de formigas que sabem o quanto é fácil se perder dentro de um problema que parece ser tão grande e sem relutar acaba os inundando por completo como um rio volumoso com sua bocarra aberta, aguardando os aperitivos de pronto…

O grande problema da massa faminta por atenção e desesperada por compreensão é a perceção de que aquela montanha que tens escalado, é tão somente a porcaria de um grão de areia e o que você tem procurado desde sempre, se encontra descaradamente na palma da sua mão.

Quando se percebe que o amor transbordado de tesão pela própria vocação é o que realmente irá importar no final de toda história, fará com que certamente tudo pareça pequeno e acredite, tudo realmente será pequeno diante do que afirmaria ser fatal.

Eu não tenho problemas, tu não tens problemas, nós nunca saberemos o que é verdadeiramente um problema, pois a dor é apenas uma premissa prematura do que poderia ser maior para aguentar de bom ânimo.

 
 
 
Não importa. Uma vez ingressado nesse mundo mesclado de dor e prazer, é impossível ficar longe por muito tempo. Costumo dizer que até podes tentar livrar-te dos aspetos viciantes do Bodybuilding, mas o bodybuilding nunca sairá de ti. Ele se impregna na sua carne e cola no seu subconsciente. Pais, família, sociedade e tudo pode vir contra essa conceção, mas o escudo da prática diária, lhe protege de tudo e todos.


Meu amigo, experimente passar dois, três, quatro anos se alimentando regradamente, estabelecendo horários fixos, treinando pontualmente, descansando militarmente e faça uma tentativa de se ocultar desse ciclo, será como um dependente químico longe de drogas, um alcoólatra longe da sua cachaça, você treme, chora, entra em depressão, nada fará mais sentido e os pensamentos degradantes e negativos te engole vivo, sabe por quê? Porque o vírus já o pegou, entrou na sua corrente sanguínea e se espalhou pelo corpo inteiro.
Quem de veraz é apaixonado por isso, sabe do que eu estou falando, sabe que essa teia o faz grudar a cada instante em que se investe na saída abrupta.Ande por onde quiser andar, viaje por onde quiser viajar, suma, corra, se esconda, porém ele estará lá contigo, junto, misturado, atrelado a sua alma. 

Não é somente uma obsessão, um surto psicótico prolongado por 365 dias, é o teu espírito enraizado na sede de sentir aquela mesma sensação de auto controle e ardor revigorante a cada amanhecer.

Lembra-te sempre: O teu shape é alugado, se deixas de o pagar, ele vai-se embora!

Quanto mais você pesa, mais você precisa consumir para manter e se quer aumentar, terá que consumir mais ainda. Nosso organismo é uma fornalha sem fim, que nunca esta satisfeita com o que tem.

Já parou para fazer as contas do quanto tem gastado em proteína?

  


Estás num local público, mais precisamente na receção de um dentista, abres a tua marmita e começas a comer normalmente, a mulher ao lado levanta e senta cinco cadeiras longe de ti. Não me conformando, dirigi-me a ela e a perguntei o porquê de ter saído do lugar, então automaticamente me responde que eu era estranho e que a estava envergonhando.

Simplesmente, esperei sua conclusão e completei com um ”Compreendo totalmente, vejo que a senhora tem sobrepeso e possui uma grande falha na lateral da cabeça, com certeza já passou por momentos bem constrangedores de discriminação, mas eu vou me sentar aqui do seu lado, porque contrariando a sua atitude, não me sinto envergonhado por suas peculiaridades.”Todos com olhos arregalados em volta, momento de silêncio…Conclusão: Aprenda a combater o preconceito, com a educação de um lorde. Os apontadores de dedos odeiam pessoas que tenham bom senso e discernimento, isso os deixam confusos.

:: Warrior Princesses ::
 
  
 
E muitos ainda acham que ser hardcore tem a ver com o investir em uma imagem mais outsider, se pintar como o descolado, fazer-se de uma índole duvidosa e maldosa, porém essa denominação não se escolhe, compra ou se cria em qualquer esquina, o segredo já nasce em cada célula, passando pelo embrião e nascendo para a vida.

Odeio pseudo atletas, tenho asco por falsos praticantes do hard work, fingem de uma maneira tão porca uma suposta pré disposição ao compromisso sério, mas fazem essa teia de falácias em um território muito vulnerável, dentro de um castelo de areia que ao menor sinal de vento ou água se desmorona de uma forma degradante.

Não se pode fingir o que vem de dentro, não se pode maquiar uma postura totalmente espontânea de competência e responsabilidade, esquecendo por completo toda aquela superficialidade.

Mulher que treina de verdade não pensa em moda naquela hora em específico, no esmalte mais chamativo, no modelito mais colorido do guarda roupa, no penteado mais escovado e pranchado possível para fingir executar levantamento terra, um agachamento ou uma boa e velha rosca direta.
Mulher que bate no peito, come com fome de quebrar limites, bebe com ânsia de ferro, não se importa com as merdas faladas por indivíduos que se quer colocaram o pé nesse delicioso mundo, não liga para comentários depravados e pobre de discernimento e orientação.
 

Mulher que treina de verdade puxa para si o foco em destruir todos os protocolos criados diante dela, enfrenta um dia de dorsal, bíceps, tríceps e trapézio como qualquer outro treino de perna, ou seja dando socos na cara do padrão enrustido e provando do maravilhoso sabor da intensidade animal, sem a merda da frescura, sem a porra da preocupação alheia. 

 

 
 

Não se esqueça nunca. Os que são de verdade, sabem exatamente identificar quem é de mentira e os que parecem ser, jamais conseguirão se igualar a quem realmente é.

Esse é mais um reflexo encardido do que a sociedade se tornou hoje em dia. A síndrome do imediatismo tomou conta da massa de uma forma assustadora. Não existem pensamento a médio e longo prazo.
As metas, a progressão e o crescimento gradativo tornou-se lenda em uma selva de animais gritando pelo que ordenou há poucos segundos atrás.

Se o celular quebrou, entro imediatamente em um site, compro outro e em dois dias recebo na porta da minha casa, se peço uma pizza e demora mais do que vinte minutos, eu ligo, humilho do gerente ao entregador, rasgo o anúncio da minha geladeira e amaldiçoo sua família, se uma relação está gasta e precisa ser reerguida, jogo tudo para o alto e a troco como se fosse uma nova peça de roupa… Assim, vamos tendenciando cada exigência da maneira mais preguiçosa e instantaneamente ridícula possível.

E por que não igualar uma acéfala exibicionista a um profissional do culturismo? Simples, quando um Pro comete um erro, sua base anterior de treinos, formação acadêmica, boa imagem, postura exemplar e rotina assídua não justifica, mas embasa um equívoco, fazendo toda a diferença na comparação entre uma rameira de luxo e um bodybuilder pós graduado.

O mais irônico de tudo, é saber e presenciar ao vivo, a vangloriação de uma Andressa Urach ou um Arlindo Anomalia ao invés de explicitar uma carreira fantástica, repleta de realizações de um Fernando Luiz Sardinha ou um Paulo Cavalcante Muzy.


:: TOP Bodybuilders ::
 
 

Frank McGrath possui o tipo de físico que eu chamo de imutável em todas as características, denso e meticulosamente perfeito sem ver o cheiro do palco, irretocável fora de competição, invencível longe de Las Vegas e tenho dito. Frank consegue ser melhor condicionado longinquamente dos holofotes do que quando se está em cena, tendo como objetivo principal, um título.

É complexo compreender essa visão, mas creio que o senhor Outsider como o seu patrocínio suplementar o pintor assim, é o único atleta capaz desse peculiar feito. Sinceramente tente procurar alguém que logra efetuar um bulking de tanta qualidade, um período off tão majestoso, mantendo sua linha central extremamente bem estruturada, cintura assustadoramente delgada e textura da pele incrivelmente fina.

Frank absorve magnificamente carboidratos e proteínas de forma exacerbada, se prostrando de uma forma qualitativa como ninguém jamais chegou a estar. E sim, existe uma correlação óbvia de drogas com o físico, porém a questão não é exatamente essa em que quero focar-me, o ponto certeiro é de como um alicerce tem respostas mais positivas em um período livre, modificando toda a situação a partir do momento em que se inicia uma preparação competitiva.

Pode sim, ser um processo equivocado, mal guiado ou discretamente passado do ponto quando se está perto de um circuito, se perde muita massa muscular, as armas superiores caem em ostracismo, os peitorais não se parecem mais como canhões imensos, a sua linha da cintura não desce dando a impressão exata do esteticamente maravilhoso.

Não me interessa o prêmio, a medalha, o troféu, o dinheiro. Frank Mcgrath é melhor sem os palcos e ponto final.

 
 
 
 

Mas o que seria Dorian Yates, frente a todo círculo massante de marketing de que é constituído o mundo do bodybuilding ?

Dorian Yates foi o que administrou doses extremamente significativas de drogas anabólicas por um período de doze anos assiduamente, tornando-se o único a ir frente aos média e a escancarar que a ingestão de fast- food diários em curto espaço de tempo, faria estragos muito maiores do que um líquido sintético diretamente ao glúteo a cada amanhecer, entardecer e anoitecer.

Dorian Yates foi o rebelde que de fato não quis ficar na fila dos vídeos publicitários perfeitos e com o intuito de única e exclusivamente vender suplementos, assim como 99% dos culturistas profissionais fazem, dilacerando toda a conceção do que seria hardcore e caindo os queixos de quem se garantia na formação de rios milionários constituídos de pré treinos e BCAAs.

Dorian Yates foi o único que conseguiu colocar o autoritário e egocentrista, Chris Cormier, de joelhos, tentando recuperar o ar enquanto o mesmo não parava de vomitar e se contorcer na esquina do seu ginásio, que por incrível que pareça, não é caracterizado pelo luxo, espaço amplo e glamoroso, mas conhecido pelo espaço mínimo que lapida gigantes sem nenhum tipo de frescura ou delongas.

E é por isso que considero Dorian Yates, não só como um dos melhores profissionais da nossa área e sim um dos mais verdadeiros e dispostos a jogar a merda no ventilador sem receio de patrocínio por trás.

Ronnie Coleman – O Último Discurso, Mr. Olympia 2007

“… Foi um prazer estar aqui por todos estes anos. Nunca pensei que conseguiria, mas sempre soube de algo: Deus tem um plano para cada um de nós. Tudo que você deve fazer é manter a fé e aceitar o seu chamamento. Deus vos abençoe, obrigado por vir…”

No mundo do bodybuilding e assim como em tudo o que fazes na vida, se colocares Deus em primeiro lugar, tudo dá mais que certo!

Big Ron, só 8x Mr. Olympia! 

 
 
Fonte: Derek e Hugo, Horsepower PRO – Adaptação da versão original.
       

About The Author

David Araújo

Welcome to my Journey! My name is David Araújo and I was born on January 19th, 1993. My goal is to inspire millions of people to achieve the physique always dreamed. I will show you how you can get into and maintain the best shape of your life. Let's add this website in your favorite and follow me in my journey.

Leave A Comment

ABOUT ME

 

My name is David Araújo and I was born on January 19th, 1993. My goal is to inspire millions of people to achieve the physique always dreamed through a healthy lifestyle.
I will show you how you can get into and maintain the best shape of your life. Here you can learn how I utilize lifting weights in order to build muscle and an aesthetic physique, utilize proper nutritiont to either lose fat or focus on building muscle, and still enjoy life without overly restricting yourself.

CONTACT INFO

 

Feel free to contact me if you have any question or even if you want just to say your opinion about my work.

E-mail:   david.araujo.1993@gmail.com
Localização:   Montijo, Portugal

DONATE

 

If I have helped you out, motivated you, or if you've become a fan of me through my videos and pictures, please feel free to support me by donating a small amount of money to help me pay competitions costs. Any amount is appreciated.

NIB: 0036.0212.99100015818.29
IBAN: PT50.0036.0212.99100015818.29
BIC/SWIFT: MPIOPTPL